Brasília-DF,  
Conteúdo
  .: O que é Espiritismo
  .: Doutrina Espírita
  .: Sócrates e Platão
  .: Obras Básicas
  .: Biografias
  .: Mensagens
  .: Publicações
  .: Evangelho no Lar
  .: Sites Espíritas
  .: Álbum de Fotos
Interação
  .: Entre em Contato
  .: Quem Somos
 

Reuniões às segundas-feiras das 12:10h às 13:20h, na Esplanada dos Ministérios, Comando da Aeronáutica - Bloco "M" - Anexo/Subsolo - Auditório do GAP-BR.

 

Página Inicial | Quem Somos

Quem Somos

O Grupo Espírita Peixotinho (GEP) começou por iniciativa de cinco colegas de trabalho, todos militares da Força Aérea Brasileira, lotados em Organizações Militares da Aeronáutica sediadas em Brasília-DF.

Tudo começou em meados de 2004, quando um deles, o Sargento Honório, recém-transferido de Recife-PE para Brasília-DF, tomou conhecimento de que no auditório do Grupamento de Apoio de Brasília (GAPBR), órgão do Comando da Aeronáutica, eram realizados cultos religiosos semanais promovidos por irmãos católicos e evangélicos, em dias específicos da semana. Pensou: se há a missa católica e o culto evangélico, por que não um grupo de estudos espíritas?

O que fazer? Recém-chegado à cidade, não tinha conhecimento com ninguém que pudesse secundá-lo nessa empreitada. O tempo passou e o Sargento Honório, que havia sido aceito como trabalhador no Grêmio Espírita Atualpa Barbosa Lima (GEABL), tomou conhecimento de que o Divaldo Pereira Franco faria palestra no auditório do Comando do Exército, à qual compareceu.

Terminada a palestra, ao sair do auditório, Honório avistou, para a sua alegria, um rosto conhecido: era o Coronel Russo, Vice-Chefe do Gabinete do Comandante da Aeronáutica (CMTAER), com quem trabalhava, indiretamente.

No dia seguinte, não perdeu tempo e solicitou uma audiência com aquela autoridade para lhe falar da idéia de criar um grupo de estudo da Doutrina Espírita, no GAPBR. Prontamente, o Coronel Russo aprovou a iniciativa, dizendo-lhe: “Interessante idéia. Monte o grupo e eu os apoiarei”.

Isso ocorrera por volta do mês de outubro de 2004. Naquela época, Honório já havia feito algumas amizades, dentre elas, o então Sargento Mariz e o Sargento Daltro, por intermédio de um amigo comum, o Sargento Roberto, todos Espíritas.

Certo dia, ao saírem do refeitório, após o almoço, Honório revelou aos amigos espíritas aquela idéia que tanto o fustigava, e para qual já tinha recebido o aval do Vice-Chefe do Gabinete do CMTAER. Independente desse detalhe, Mariz e Roberto, trabalhadores da Comunhão Espírita de Brasília e Daltro, freqüentador do CIREFE, entusiasmaram-se com a proposta, assumindo todos o compromisso daquele novo desafio.

Marcou-se, então, uma reunião na residência do Daltro, onde todos compareceram para dar início ao formato ao futuro GEP.

Na reunião, foram levantadas algumas questões que ficaram sem resposta:

a) A idéia era viável.? Teríamos condições de fundar um Grupo Espírita?

b) Em que dia da semana seria a reunião? Qual o melhor dia? Em que horário?

c) Que nome daríamos ao Grupo? Quem deveríamos homenagear com essa deferência?

Por sugestão do Daltro, Honório ligou para o Paulo Machado, Presidente do Cenáculo Espírita Casa de Maria (CECAM), em Recife, onde trabalhara por vários anos, e solicitou uma consulta à Espiritualidade, para que fossem sanadas aquelas dúvidas. A resposta veio em quatro páginas, pela psicografia de Suely Calazans (clique aqui para ler). Inicialmente, esclarecia que “A maior caridade que se faz à Doutrina Espírita é a sua divulgação”, e em seguida acrescentou:

a) Em primeiro lugar, a idéia não é do Honório. Ela já existe na Espiritualidade há muito tempo, esperando apenas que as “peças” se reunissem e que as condições fossem favoráveis à consecução do empreendimento;

b) Em segundo lugar, para quem quer estudar e aprender a Doutrina Espírita, qualquer dia é dia. Reunam-se em qualquer dia, que os interessados comparecerão; e

c) Por fim, informa que o irmão Francisco Peixoto Lins (Peixotinho), era já o mentor do Grupo na Espiritualidade e que por ele trabalhava há algum tempo. E essa era a sugestão para o nome do Grupo.

De posse dessas informações, os quatro amigos voltaram a se encontrar na residência do Daltro, agora com a participação, também, do Sargento Raul, recém chegado da Cidade do Recife, definindo que o grupo se reuniria às segundas-feiras, no horário das 12:30 às 13:20 horas, com a seguinte programação: as três primeiras segundas-feiras do mês seriam dedicadas ao estudo do Livro dos Espíritos e na última haveria uma palestra pública com temas extraídos do Evangelho Segundo o Espiritismo.

Adotadas as providências burocráticas e por intermédio do oportuno auxílio do Tenente-Coronel Martins, Secretário do Comandante da Aeronáutica, o Auditório do GAPBR foi cedido para a realização dos estudos, e em 21 de fevereiro de 2005, o Grupo Espírita Peixotinho iniciava suas atividades, recebendo como primeiro convidado o irmão Erdner Costa Júnior, trabalhador do Grupo Espírita Fraternidade, que palestrou sobre o tema: O que é o Espiritismo?

Depois de iniciadas as atividades, outros irmãos se aproximaram dos trabalhos e também passaram a se dedicar ao grupo, tais como: o Brigadeiro Carlos Santos, o Coronel Rivera, a Sargento Denise Escovino, entre outros.

Como nada acontece por acaso e, ao que parece, o nosso Mentor sabe muito bem aonde quer chegar, vieram outras idéias para melhor divulgar os Trabalhos do Grupo. Assim, o Raul tomou a iniciativa de construir uma Página na Internet e por sugestão do Grupo, a Denise Escovino se prontificou a elaborar o layout de um Informativo escrito.

Atualmente, o Grupo Espírita Peixotinho desenvolve, além da programação inicialmente proposta, temas diversos por intermédio de filmes educativos, estudo sobre fluidoterapia (passes) e faz sua divulgação por meio de cartazes em vários pontos de circulação das Organizações Militares da Aeronáutica, na Esplanada dos Ministérios; pelo Informativo Espírita, que começou a circular em agosto/05 e pela Internet, no site http://www.grupopeixotinho.com.br

Por tudo, agradecemos ao Bom Deus, ao Mestre e Amigo Jesus, ao nosso Mentor Peixotinho e a todos aqueles que, de certa forma, ajudam-nos a manter essa chama acesa. Que possamos sempre contar com a amparo imprescindível da Espiritualidade Maior e que Deus nos abençoe sempre.


Grupo Espírita Peixotinho

Coordenação

COORDENAÇÃO DO GEP

Coordenação Geral - Ricardo Honório

Coordenação Doutrinária - Adilson Mariz

Coordenação de Eventos - Newton Daltro e Roberto Melo

Coordenação de Divulgação - Raul Santos e Denise Escovino

TOPO

Página Inicial | Quem Somos

 

Buscar na Web por:
Powered by Google
Conheça
Grupo Espírita Peixotinho - grupopeixotinho@gmail.com - http://www.grupopeixotinho.com.br - Desenvolvido e mantido por Raul Santos